Licenciatura em Letras com ou sem Língua Estrangeira? Confira como escolher

A licenciatura em letras é um dos cursos superiores mais buscados pelos estudantes que estão ingressando em um curso de graduação. Mas você sabe como escolher qual curso de Letras fazer?

Aqui você vai encontrar todas as informações sobre a licenciatura em português, e tudo o que precisa antes de matricular no curso de licenciatura em letras ead. Então, continue lendo esse texto para tirar todas as suas dúvidas.

O que é a faculdade de Licenciatura em Letras

O curso de licenciatura em letras é a graduação que se dedica ao estudo da literatura e da língua portuguesa. O curso é ofertado em duas modalidades: licenciatura e bacharelado. Mais adiante, você vai entender as diferenças entre eles e poder escolher com sabedoria entre bacharelado ou licenciatura em letras.

O profissional formado na licenciatura em letras português pode atuar como professor das disciplinas de português, literatura e redação.

Mas se engana quem imagina que a licenciatura em letras a distancia forma apenas professores. Além de lecionar, esse profissional pode atuar com revisão de textos, traduções, editoração, e atuar como intérprete.

Licenciatura em Letras com ou sem Língua Estrangeira?

Agora se a sua dúvida em relação a esse curso é sobre fazer com ou sem uma língua estrangeira, continue lendo, vamos esclarecer tudo agora.

Ao escolher um curso de Letras, você pode optar pela habilitação em Língua Portuguesa, Inglesa, espanhola, entre outras. É importante frisar que, embora não seja obrigatório, para fazer a licenciatura em outro idioma, o aluno vai precisar ter um nível de conversação e leitura dessa língua, ou fazer atividades em paralelo com a graduação para aprendizado dela.

Portanto, o curso de Licenciatura em Letras Português é o ideal para quem não tem esses conhecimentos.

Diferença entre bacharelado e licenciatura

Então, agora que você já conhece um pouco mais sobre esse assunto, vamos te mostrar a diferença entre bacharelado e licenciatura em letras.  O curso de Letras pode ser oferecido nessas duas modalidades pelas instituições de ensino.

Quem obtém um diploma de licenciatura estará apto a lecionar na educação básica e, em alguns casos, em cursos superiores e tecnólogos. Existe também a possibilidade de atuar em uma multinacional como professor de língua portuguesa para ensinar os funcionários a se comunicarem da melhor maneira.

Por outro lado, quem opta pelo bacharelado, embora não receba a formação pedagógica presente na modalidade de licenciatura, poderá atuar na tradução, revisão, redação, edição de textos e como crítico literário.

E quando falamos nas habilitações que a faculdade de letras oferece, a mais comum é em Língua Portuguesa, mas é possível encontrar opções de cursos com formação em Inglês, Espanhol, Francês, Alemão, Japonês, Grego, Hebraico, Latim, Mandarim, entre outras.

Mercado de trabalho para o profissional formado em Licenciatura em Letras

Se a sua dúvida é sobre licenciatura em letras mercado de trabalho, vamos tirar todas elas agora!

Quem deseja seguir carreira em Letras, além de gostar de ler e escrever, deve ter o desejo de conhecer novas culturas e ser organizado, disciplinado e possuir um alto poder de concentração, ficando sempre atento às modificações que os idiomas sofrem ao longo dos anos.

Uma pessoa formada em letras que opte pela carreira acadêmica terá um alto índice de empregabilidade, pois em todas as áreas da rede básica de ensino sempre haverá vagas para professores.

E além de atuar em escolas de ensino fundamental e médio, o profissional formado em letras poderá ministrar aulas em universidades, escolas de idioma, cursos preparatórios para concursos e vestibulares, editoras, agências de publicidade, emissoras de televisão e de rádio, e ainda no departamento de comunicação de empresas privadas.

Por fim, segundo algumas pesquisas publicadas recentemente, a média salarial para quem se forma em letras é de R$ 2.500,00 em início de carreira e com as especializações ao longo dos anos pode chegara R$ 5.000,00 mensais.

O curso de Licenciatura em Letras EAD

Por fim, vamos falar sobre o curso de licenciatura em letras. Sendo assim, vamos focar no curso da modalidade a distância, que é o ideal para quem já está no mercado de trabalho e quer continuar se aperfeiçoando. Além disso, esse sistema de ensino é que mais cresceu nos últimos anos, que atesta as vantagens e qualidade do método.

Nesse sentido, é importante destacar que com o ensino a distância o aluno é o protagonista do próprio aprendizado e pode escolher de que forma quer estudar, podendo utilizar os materiais impressos, videoaulas ou os DVDs. Vale a pena ressaltar que os materiais se completam. Então, o ideal é que o aluno utilize todos os meios disponíveis. Assim você consegue absorver o máximo de conteúdos possíveis e tem a possibilidade de tirar as suas dúvidas consultando o material impresso ou as videoaulas como apoio.

Além disso, ao estudar com materiais impressos você torna seu aprendizado muito mais profundo, pois pode grifar ou fazer anotações nas partes que forem mais importantes para você.

Por fim, é preciso destacar outro ponto importante a ser destacado em relação ao EAD: nessa modalidade apenas o ritmo de aprendizagem do aluno é o que importa. Com as aulas a distância, você pode, por exemplo, acelerar a aula de um assunto que já domina, ou aprofundar os estudos de um tema que é do seu interesse ou que você tenha maior dificuldade. Dessa forma, o seu aproveitamento é ainda maior e, consequentemente, os seus resultados também serão.

Grade curricular do curso de Letras

A licenciatura em Letras/Português tem 4 anos de duração, durante esse tempo, o aluno vai ter acesso a todas as disciplinas necessárias para obter um bom desempenho profissional. E para te ajudar a entender melhor o que vai ser estudado na graduação, trouxemos a grade curricular licenciatura em Letras completa. Confira:

Semestre 1

  • História da Educação
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Formação docente para a diversidade
  • Teoria da Literatura I
  • Sociologia da Educação
  • Filosofia da Educação
  • Prática Pedagógica I

Semestre 2

  • Novos Caminhos para Profissionais da Educação
  • Psicologia da Educação
  • Educação Ambiental e Cidadania
  • Teoria da Literatura II
  • Metodologia da Pesquisa e do Trabalho Científico
  • Libras – Língua Brasileira de Sinais
  • Prática Pedagógica II

Semestre 3

  • Linguística I
  • Fonética e Fonologia
  • Legislação Educacional
  • Didática e Prática de Ensino
  • Educação e Ludicidade
  • Prática Pedagógica III

Semestre 4

  • Currículo e Planejamento da Educação Básica
  • Linguística II
  • Estudos Morfossintáticos
  • Alfabetização e Letramento: desenvolvimento e apropriação
  • Prática Pedagógica IV

Semestre 5

  • Fundamentos da Educação Especial e Inclusiva
  • Fundamentos Teóricos e Práticos do Ensino de Língua Portuguesa
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Estágio Supervisionado I – Anos Finais do Ensino Fundamental
  • Literatura Brasileira I
  • Transversalidade na Educação
  • Prática Pedagógica V

Semestre 6

  • Literatura Infantil
  • Literatura Brasileira II
  • Literatura Portuguesa
  • Literatura Infantojuvenil
  • Avaliação da Aprendizagem
  • Literatura Brasileira III
  • Práticas Pedagógicas VI

Semestre 7

  • Fundamento teóricos e Práticos do Ensino de Literatura
  • Semântica e Estilística
  • Estágio Supervisionado II – Ensino Médio e Gestão Escolar
  • Direitos Educacionais de Crianças e Adolescentes
  • Gestão Educacional
  • Tópicos Especiais
  • Prática Pedagógica VII

Semestre 8

  • Linguística III
  • Literatura Portuguesa e Luso-Africana: Moderna e Contemporânea
  • Trabalho de Conclusão de Curso – TCC
  • Oficina de Produção e Revisão de Textos
  • Prática Pedagógica VIII
  • Atividades complementares (pode ser realizada a partir do 1º módulo)

Deixe seu Comentário