Quem pode fazer um Tecnólogo de segurança pública?

Quem tem interesse no curso superior de tecnologia em segurança pública precisa saber tudo sobre o assunto antes de se matricular. Então, hoje vamos te contar tudo o que você quer saber sobre esse assunto e tirar todas as suas dúvidas sobre esse tema.

Aqui, você vai aprender tudo sobre o mercado de trabalho, áreas de atuação, como é um curso tecnólogo em segurança pública e quem pode fazer esse curso.

O que é Segurança Pública?

Você quer saber o que é tecnologia em segurança pública? Então veio ao lugar certo! Aqui você vai encontrar a resposta para essa pergunta.

Então, podemos dizer que a Gestão de Segurança Pública contempla serviços relacionados à proteção de bens ou de pessoas, ela é uma área considerada essencial para que a sociedade possa conviver bem.

Por fim, podemos dizer que a Segurança Pública tem o objetivo de realizar a proteção de espaços públicos, um direito fundamental de todos. Além disso, ela envolve a administração de conflitos, o estabelecimento de regras para garantir a segurança das pessoas, a repressão à violência e o combate ao crime.

Mercado de trabalho para que se forma em Segurança Pública

O profissional que se forma no curso superior de tecnologia em segurança pública encontra diversas opções de atuação no mercado de trabalho.

Primeiramente, você precisa saber que a maioria das vagas para essa área são encontradas em concursos públicos, visto que as instituições que contratam esse profissional são de responsabilidade governamental, seja no âmbito municipal, estadual ou federal. E esse é um importante aspecto dessa área de atuação.

Dessa forma, podemos dizer que qualquer pessoa que tenha concluído o ensino médio pode se inscrever nesse curso, mas a maioria das oportunidades do mercado serão encontradas através de concursos públicos.

Portanto, podemos dizer que após a conclusão do curso, o profissional poderá atuar em órgãos públicos de segurança, em instituições como:

  • Polícia Militar
  • Secretaria de Segurança
  • Polícia Civil
  • Polícia Rodoviária
  • Penitenciárias
  • Polícia Federal
  • Ministérios, entre outras.

Mas se você quer saber quais são as atribuições desse cargo, é preciso destacar que esse profissional será responsável por:

  • Manutenção da segurança e ordem públicas
  • Combate à violência e à criminalidade
  • Gestão de instituições de Segurança Pública
  • Segurança comunitária
  • Elaboração e execução de políticas preventivas
  • Captação de recursos para programas de Segurança Pública

Além disso, ele pode atuar na coordenação e planejamento de segurança preventiva de eventos, bem como prestar consultoria para empresas privadas e estatais na área. Por fim, também é possível atuar na segurança privada, cuidando de residências ou com segurança pessoal.

Perfil de quem atua com Segurança Pública

Para ter sucesso após se formar no curso superior em tecnologia de segurança pública é importante ressaltar que essa área de atuação tem diversas situações desafiadoras pela qual o profissional vai ter que passar durante a sua rotina e desenvolvimento profissional, por exemplo: Corrupção, Criminalidade, Violência e Desigualdade social. Portanto, para seguir nessa carreira, algumas características são necessárias ao profissional.

Então, para se sair bem nessa área de atuação, o profissional precisa ter:

  • Facilidade para se comunicar,
  • Saber trabalhar bem em equipe,
  • Postura ética e responsabilidade,
  • Proatividade e iniciativa,
  • Visão estratégica e analítica,
  • Capacidade de liderança
  • Estar sempre preparado para lidar com situações inesperadas
  • Ter em mente que precisa promover a manutenção da ordem pública.

Curso de Segurança Pública EAD

Durante o curso superior de tecnologia em segurança pública ead o aluno terá acesso a todas as disciplinas essenciais para uma formação completa e de qualidade, com uma metodologia desenvolvida para que ele possa ter a melhor qualidade de ensino.

Primeiramente, é preciso destacar que o ensino a distância é a metodologia de ensino que mais cresceu nos últimos anos. Portanto, iremos falar sobre essa forma de ensino para que você conheça antes de se matricular no curso.

Dessa forma, é importante destacar que, ao se matricular, o aluno vai receber o acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem, o AVA. É através deste portal que ele irá assistir as videoaulas, consultar datas de provas, agendar as avaliações presenciais, solicitar documentos acadêmicos e muitos outros serviços disponibilizados pela instituição de ensino.

E por falar em prova, no curso de Segurança Pública EAD, elas têm um caráter educativo e não punitivo, como normalmente é feito no ensino tradicional. Isso quer dizer que durante a prova você tem a oportunidade de pesquisar mais sobre o conteúdo, de forma que revise todo o material e aprenda um pouco mais sobre aquela disciplina.

Além disso, na graduação você encontra um material didático impresso e produzido pelos autores/professores especialmente para cada disciplina. As videoaulas e as provas também são elaboradas pelos mesmos autores/professores. Assim, você não tem dúvidas ao estudar os conteúdos, pois eles se complementam.

Por fim, você precisa saber que ao escolher o curso de Segurança Pública EAD, apenas o seu ritmo de aprendizagem é o que importa. Afinal, você pode, por exemplo, acelerar a aula de um assunto que já domina, ou aprofundar os estudos de um tema que é do seu interesse ou que você tenha maior dificuldade. Dessa forma, o seu aproveitamento é ainda maior e, consequentemente, os seus resultados também serão.

O que se estuda no Curso

Então, finalmente vamos te mostrar tudo o que vai ser estudado durante o curso de Segurança Pública.

A graduação em Segurança Pública EAD tem dois anos de duração e se trata de um curso de tecnologia. Dessa forma, o aluno conclui um curso de nível superior em menos tempo e pode concorrer às melhores vagas em um concurso, por exemplo.

Nesses 4 semestres, o estudante vai ter acesso as seguintes disciplinas:

Semestre 1

  • Introdução às Ciências Sociais
  • Empreendedorismo
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Sociologia Geral
  • Economia e Mercado
  • Metodologia da Pesquisa e do Trabalho Científico

Semestre 2

  • Gestão de Pessoas
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Comunicação Empresarial
  • Legislação Empresarial
  • Educação Ambiental e Cidadania
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras

Semestre 3

  • Controle Social e Segurança
  • Introdução à Segurança Pública
  • Prevenção e Combate a Sinistro
  • Fundamentos de Direito
  • Inteligência e Segurança Pública
  • Análise e Gerenciamento de Risco
  • Suporte à Vida e Primeiros Socorros
  • Tópicos Especiais em Segurança Pública

Semestre 4

  • Gestão de Segurança Pública
  • Polícia Comunitária e Segurança Pública
  • Tecnologias Aplicadas ao Sistema de Segurança
  • Gestão da Prevenção e Repressão à Violência
  • Terrorismo, Narcotráfico, Organizações Criminosas e Crimes Digitais
  • Consultoria em Segurança
  • Negociação e Gestão de Conflitos de Segurança
  • Atividades complementares (pode ser realizada a partir do 1º módulo)

Ao todo, a carga horária total do curso é de 1.825 horas.

Deixe seu Comentário