Você sabe como funciona o SiSU?

Se você quer saber o que é SiSU veio ao lugar certo. No post de hoje, nós do Estudar para ENEM Online, vamos te explicar todos os detalhes sobre esse programa. Então, neste texto você vai saber mais sobre inscrição SiSU, quem pode se inscrever no SiSU, para que ele serve e todas as informações e detalhes importantes. 

O que é SiSU?

Então, antes de se aprofundar mais no assunto, você precisa entender o que é SiSU. O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é um sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC). A partir dele, as instituições públicas de nível superior oferecem vagas para estudantes que tenham prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Ou seja, o processo classificatório é realizado de acordo com o desempenho dos estudantes neste exame.

Inscrição SiSU

Agora que você já sabe o que é e para que serve o SiSU, vamos te contar um pouco sobre a inscrição SiSU. O processo de inscrição é feito de forma online, diretamente no site oficial do Sistema de Seleção Unificada e ele é gratuito, ou seja, não é cobrada nenhuma taxa dos participantes. Sendo assim, segue o passo a passo de inscrição logo abaixo:

 

  1. Acesse o portal do SiSU (quando o processo estiver aberto) e clique em “fazer inscrição”;
  2. Na tela seguinte, entre com GOV.BR ou em fazer cadastro (caso ainda não tenha);
  3. É preciso confirmar se os seus dados estão corretos, para que o SiSU consiga entrar em contato com você, caso seja necessário;
  4. Na tela “minha inscrição”  você poderá escolher até dois cursos que tenha interesse. E é nessa tela também que você vai acompanhar sua inscrição durante todo o processo;
  5. É possível pesquisar vagas pelo município, nome da instituição ou pelo curso;
  6. É necessário prestar atenção às modalidades disponíveis para cada curso, escolher uma opção e clicar para continuar;
  7. Depois de conferir os dados do curso e as modalidades da vaga, além dos documentos que serão necessários na hora de concluir a matrícula é só clicar em “confirmar minha inscrição”.

 

Lembrando que enquanto a inscrição SiSU estiver aberta, você pode trocar as opções de cursos e modalidades escolhidas. E em “classificação parcial” você pode acompanhar as notas de corte dos cursos e a sua classificação parcial durante o processo de inscrição.

 

Quem pode se inscrever no SiSU?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o processo de inscrição, vamos falar sobre quem pode se inscrever no SiSU. Sendo assim, apenas os estudantes que participaram do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) podem participar do Sistema de Seleção Unificada. Mas, não é só isso, também é necessário obter nota na redação maior que zero e não ter participado do exame com a condição de treineiro. 

Como deu para notar, não há muitos requisitos sobre quem pode se inscrever no SiSU, até mesmo quem já tem diploma de nível superior pode participar. Porém, cada universidade participantes pode exigir uma nota mínima no ENEM de cada candidato para ingressar em um de seus cursos. Por isso, é bem importante focar na preparação para o exame. Afinal é a partir do seu desempenho nele que várias oportunidades podem se abrir para o seu futuro. 

Os bolsistas do Programa Universidades para Todos (ProUni) também podem se inscrever no SiSU. Porém, se o estudante for selecionado pelo SiSU precisará optar entre os dois programas, pois não é permitido acumular benefícios.

 

Quando abre o SiSU?

Se você se interessou em participar do programa, provavelmente está se questionando: quando abre o SiSU? Então, vamos conversar mais sobre o assunto. O SiSU tem duas edições por ano. Como já falamos anteriormente, o processo de seleção é com base no desempenho no ENEM, por isso, o processo de inscrição só abre depois da divulgação das notas do Exame Nacional do Ensino Médio, que está programada para março. Dessa forma, as inscrições para o SiSU devem estar disponíveis em abril.

 

Quando sai o resultado do SiSU?

Os estudantes ficam ansiosos e sempre procuram saber quando sai o resultado do SiSU. Normalmente, o processo de inscrição dura uma semana. Sendo assim, já na segunda-feira seguinte o resultado é divulgado.

Então após a divulgação do resultado há o início das matrículas e o candidato selecionado deve fazer o processo diretamente na universidade escolhida. Mas atenção, há um prazo para que o selecionado faça a matrícula, caso esse prazo não seja respeitado, ele perde a vaga e ela volta para o sistema e é destinada aos inscritos que estão na fila de espera.

Nota de corte do SiSU

Já mencionamos anteriormente neste texto, a nota de corte. Se você não compreendeu bem o que ela significa, fica tranquilo que vamos explicar agora mesmo. Ela nada mais é do que a pontuação mínima que um candidato deve apresentar para estar dentro do processo, porém, ela não assegura que o estudante será realmente selecionado, pois depende do desempenho dos demais participantes.

A nota de corte varia em cada universidade e para cada curso. Além disso, há dois tipos de nota de corte, confira abaixo para entender melhor:

Nota de corte parcial: é calculada ao final de cada dia enquanto as inscrições estiverem abertas. Sendo assim, ela leva em conta o nível dos candidatos que já realizaram a inscrição para o curso em questão. Ou seja, ela é parcial, porque muda de acordo com as novas inscrições que vão surgindo.

Nota de corte final: essa sim é a última nota de corte e a que se torna válida. Afinal, ela é calculada apenas quando as inscrições são encerradas. Dessa forma, não há oscilação, pois também não há novas inscrições.

Antes de se inscrever para o sistema, você pode procurar pelo simulador SiSU e conferir qual foi a nota de corte para o curso que tem interesse no ano anterior. Mas lembre-se, essa prática só serve para você ter uma base do que pode estar te esperando. O ideal é dar o seu melhor no ENEM!

Deixe seu Comentário